Neste dia das mães, não dê presente, dê livros!

Porque o livro é o único capaz de preencher qualquer lacuna e de agradar de todas as formas. Porque eles podem ser lidos ou folheados. Porque tem daqueles grossos e de letras miúdas pra quem gosta de ler, e também aqueles cheios de fotos e em papel brilhante pra quem gosta apenas de ver. Porque tem livro pra ser lido numa tarde, num mês e numa vida inteira. Porque tem livro pra ser lido na ordem, fora de ordem e em qualquer ordem. Porque eles são coloridos e bonitos e servem de decoração. Servem também como peso para desamassar papel e até como fonte de informação e entretenimento!

Vou começar aqui no blog uma campanha de incentivo a compra/leitura de livros para que na próxima Pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, os números sejam um pouco melhores. E vou começar com o dia das mães, que tá logo aí, 12/05!

Se sua mãe gosta de cinema, não dê um dvd, dê um livro sobre cinema. Se ela gosta de música, não dê um cd, dê um livro sobre música. Se ela gosta de jardinagem, não dê uma planta, dê um livro sobre jardinagem. Se ela gosta de…ah, você entendeu o raciocínio.

Para a mãe cinéfila:

Conversas com Woody Allen

O livro é um compilado de entrevistas concedidas por Woody Allen a Eric Lax ao longo de muitos anos. A primeira, de 1971, quando Woody não era muito mais que um comediante, a última em 2007 quando já era…nem preciso dizer. O livro é dividido por temas e, dentro de cada tema, pela data que a entrevista foi concedida. Especialmente divertido para quem é fã do diretor e já assistiu a muitos de seus filmes, mas muito prazeroso também para quem gosta de uma boa conversa.

Para a mãe fã de música:

The Beatles – A história por trás de todas as canções

Você sabia que a música Revolution foi tachada de “um grito de medo lamentável de um burguês mesquinho”? Que Michelle começou como uma imitação cômica de Paul para o estilo de música francesa cultuada na época? E que I’m looking through you, representa uma grande dor de cotovelo de Paul? As histórias dessas e de todas as outras músicas do Beatles estão em The Beatles – A história por trás de todas as canções.

Para a mãe que gosta de um mistério:

Assassinato no expresso oriente

Eu poderia citar aqui um dos muitos livros de Sir Conan Doyle, mas, não sei bem porquê, preferi um da Agatha Christie. Acho que combina mais com mãe. E a escolha desse título em especial se deve ao fato de que Assassinato no expresso oriente reúne todos os itens clássicos de um bom livro de mistério – um crime, um detetive, muitos suspeitos – mais um detalhe que dá todo o charme: tudo se desenrola durante uma viagem do Expresso Oriente.

Para a mãe que curte uma leitura curta

No fim dá certo – se não deu é porque não chegou ao fim

Mais uma vez, poderia citar inúmeros outros autores – Luis Fernando Verissímo, por exemplo, um dos meus preferidos – mas fico com esse do Sabino por ter sido uma leitura recente minha que eu gostei muito. O livro já vale pelo título e pela crônica que lhe dá nome. Cito aqui um trecho da crônica por preguiça e incapacidade de descrever melhor que o próprio Sabino: “1. As coisas são como são e não como deviam ser – e muito menos como gostaríamos que elas fosse. 2. O que não tem solução, solucionado está – não adianta gastar boa vela com mau defunto. 3. Se quiser que alguma coisa mude, e não puder fazer nada, espere, que ela mudará por si. 4. Toda mudança é para melhor: se mudou, é porque não deu certo. 5. Mais vale passar um apertinho agora que por um apertão o resto da vida”. Pra ler os outros cinco itens da lista, compre o livro pra sua mãe e dê uma bisbolhotada antes de embrulhar pra presente.

Ps.: peloamordedeus, escreva uma dedicatória decente para sua mãe na orelha do livro. Ela merece e com certeza vai gostar.

Anúncios

5 comentários sobre “Neste dia das mães, não dê presente, dê livros!

  1. Ufa! Abriu!! Liiiiiiiiii!!!!
    mesmo sem conseguir ver as capas de suas sugestões a sensação de vitória foi compensadora.
    comece sua campanha, como mãe, tem meu apoio.
    gosto da ideia de livro como preenchimento.
    gosto da imaginação solta, da criatividade liberada para ilustrar e dar rostos a personagens, da sensação de liberdade que traz.
    aqui do meu lado, tô com Fernando Sabino – De cabeça para baixo – (já te disse que temos mais coisas em comum do que imagino?)
    agora,sua colocação me intrigou e me fez curiosa sobre esse olhar de filho:
    – Acho que combina mais com mãe.
    como você vê as mães? que tantas lacunas são essas que cercam as mães? o que combina com mãe? mãe tem gostos diferentes? quais? como? pq?
    – Desce um post sobre o tema aí, Sté…

    * gosto de começar pelo começo. aqui vou do último para o primeiro que conseguir carregar. Tô te seguindo, bjs.

  2. Vou seguir seu fluxo e, em vez de começar do princípio, vou começar pelo fim do seu comentário…
    talvez eu tenha feita uma colocação errada…talvez não seja o que combina ou não com mães, visto que mães são gente como a gente e podem ou não ter os mesmo gosto de um filho, de um pai, de um amigo, de um primo de um etc. Acho que a frase certa seria o que combina em se um presente de dia das mães. Do tipo, uma frigideira é uma coisa super útil, um aparelho bom e tal, mas não tem nada a ver dar uma frigideira de presente para uma mãe!
    Mas isso é assunto muito grande que talvez seja melhor para um post! Quem sabe no próximo, que se trata de um livro que, absolutamente, não acho que combina com presente de dia das mães…
    Tô orgulhosa de ter como seguidora e apoiadora da campanha e espero que você consiga, um dia, abrir as imagens, pra ver a tirinha que só está ali por indicação sua!

    (ps.: acho que você nunca disse, mas também já tive essa sensação!)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s