A primeira vista/In on it – parte I

O livro em questão traz duas peças do dramaturgo canadense Daniel Maclvor, traduzidas e encenadas no Brasil, que foram publicadas em um único livro. No Canadá, Daniel Maclvor tem várias outras peças publicadas, mas, aqui no Brasil, até onde eu sei, são só essas duas mesmo. Uma mais bonita e delicada do que a outra e por isso resolvi separar o post em dois. Um para cada peça.

A primeira vista conta a história de M e L. Duas mulheres que se conhecem num contexto inesperado – uma loja de artigos para acampamento – e que de um jeito meio desajeitado se aproximam até passarem uma noite juntas.

O intrigante é que ambas pensam que a outra já deve ter tido várias outras mulheres quando, na verdade, é a primeira experiência das duas. M meio que surta e, abotoando a camisa, sussurra para a plateia:

[…] bom, eu deixei rolar e foi… Quer dizer, eu não tava pensando nisso, eu tava só, e foi… Mas depois, quando eu parei pra pensar nisso mais tarde, no dia seguinte, eu simplesmente não conseguia. Quero dizer. Eu não podia virar bissexual assim de repente. Eu quero dizer que talvez isso possa funcionar pra algumas pessoas, mas eu juro que eu não tenho estrutura para isso. A questão é que você tem que ser muito organizada pra ser bissexual, e eu não sou uma pessoa organizada em nenhum aspecto. Então, por esse motivo, e apenas esse, a minha vida e as minhas coisas, na manhã seguinte eu, silenciosamente, rapidamente, desapareci.” (grifo meu! É que acho muito engraçado e pertinente esse comentário).

O que acontece depois é que M racha o fora, L fica sem entender nada e ambas seguem com suas vidinhas.

Encenando A primeira vista

Fiquei com muita vontade de assistir a peça. Ainda mais com duas atrizes que acho ótimas!

O que fico pensando é na quantidade de vezes que a gente não deixa escapar momentos, pessoas e oportunidades por não se abrir com ou para elas.

Uma ficou formulando teorias sobre a outra – teorias parecidas, já que  as duas achavam que a outra era lésbica e que tinham sido seduzidas pela outra – mas elas simplesmente não conversaram sobre o que pensavam e demorou tempos para que, por um acaso, elas se reencontrassem e retomassem a amizade, que eu não vou ficar detalhando aqui para não estragar para quem ficou com vontade de ler a peça, mas que posso dizer que foi muito boa para as duas e que poderia ter sido ainda melhor, e começado antes e durado mais, caso elas tivessem se aberto e sido sinceras.

Quantas pessoas a gente não deixa de conhecer porque fica com vergonha de se aproximar? Ou amigos que a gente demora a fazer por que fica com vergonha de falar: “nossa, você é muito legal, vamos sair amanhã pra conversar?”. Só que não, a gente fica pra dentro, achando que não pode demonstrar muito interesse nas pessoas porque elas vão nos esnobar. É verdade, tem um povo meio esquisito que faz esse tipo de coisa. Mas, de maneira geral, se abrir, ser sincero e falar o que está com vontade de fazer só agiliza as coisas, adianta processos, aproxima pessoas e multiplica os bons momentos. E não se trata apenas de relacionamentos – seja os amorosos ou os de amizades – que são também amorosos, por quê não? E quando no trabalho – ou na vida – queremos fazer algo mas temos medo de não dar conta? Perdemos uma penca de oportunidades por um único segundo de medo.

Medo de fazer convites, de demonstrar carinho, de ficar vulnerável. Parece-me, mais uma vez, a luta constante entre “sair em busca da felicidade, tão efêmera e difícil de se alcançar e ainda mais difícil de se manter por perto, ou moderar nossa pretensão à felicidade e nos darmos por satisfeito em apenas evitar a dor e o sofrimento”, entre “passar pelos altos e baixo da busca pela felicidade ou se manter na constante do afastamento da infelicidade”.

capa do livro a primeira vista...O que: A primeira vista (sem crase mesmo)

Quem? Daniel Maclvor

Quando? Aqui o livro foi publicado em 2012

Páginas? 82

Anúncios

2 comentários sobre “A primeira vista/In on it – parte I

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s