A legião estrangeira

Esse post seria para falar do livro “A legião estrangeira”, de Clarice Lispector, mas a Editora Rocco me poupou esse trabalho. Isso por que dos 13 contos que fazem parte de “Legião Estrangeira”, 12, sim doze, já estão no livro “Felicidade Clandestina”.

Agora eu me pergunto: por que uma editora lança, numa mesma coleção, dois livros que possuem praticamente os mesmos contos?

Comecei a leitura de “A legião Estrangeira” bem animada. Mais Clarice a ser descoberta. Iniciei o primeiro conto com uma sensação de déjà vu e percebi que já o tinha lido antes. Pensei: “tudo bem, os livros são seleções de contos, um ou outro devem mesmo repetir”. Reli o conto ansiosa para chegar ao próximo.

A ansiedade deu lugar à frustração quando percebi que o segundo conto também constava em “Felicidade Clandestina”. Fui para o terceiro, para o quarto, para o quinto… Até cansar de me deparar apenas com contos repetidos. Resolvi então pegar o sumário dos dois livros e comparar. 10 histórias eram iguais. Mas duas delas, mesmo não constando no sumário, eu tinha certeza já ter lido…

20140119_134451À esquerda o sumário de “A legião estrangeira”. À direita o sumário de “Felicidade Clandestina”

Fui averiguar melhor e não é que os títulos estavam ligeiramente modificados? “Viagem a Petrópolis” virou “O grande passeio” e “Evolução de uma miopia” se transformou em “Miopia progressiva”, mas as histórias são as mesmas.

20140119_125813O título é outro, a história é a mesma

Ou seja, apenas o conto “A Solução”, do livro “A legião estrangeira” não estava também em “Felicidade Clandestina”.

Tinha que haver uma explicação. Pois bem. Na verdade, o livro “A legião estrangeira”, lançado em 1964 pela Editora do Autor é anterior à “Felicidade Clandestina”, lançado em 1971, provavelmente por outra editora, ou talvez pela mesma, mas acrescentando-se alguns contos. Olhando por esse ângulo, a situação fica menos pior, mas ainda assim me parece um contra senso.

Tudo bem. É normal que com autores que publicaram contos ou crônicas espaçadas, quando têm o trabalho publicado em livros, uma história ou outra se repita em um ou outro livro. Ainda mais quando os direitos passam de uma editora para outra e novas séries são criadas. Mas dentro de uma mesma editora e de uma mesma série, lançar um livro do qual apenas um dos treze contos é inédito?

a legiao estrangeiraO que é? A legião Estrangeira

Quem? Clarice Lispector

Quando? 1964

Páginas? 110 páginas, 107 delas já publicadas anteriormente

Anúncios

2 comentários sobre “A legião estrangeira

    1. Olá, foi de grande ajuda as informações! Passei pelo mesmo problema, li ambos os livros e foi uma sensação incomoda, mas não me dei conta que foram tantas histórias assim repetidas!
      Peguei para ler também “Laços de família” e mais uma vez os contos se repetem com um ou outro novos. O único de contos que li e foi todos contos inéditos foi ” A bela e a fera” .
      Um abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s